leal


Páginas

09 agosto 2014

TRANSTORNO DESAFIADOR OPOSITANTE

"O transtorno desafiador opositante é definido como uma padrão decorrente de um comportamento negativista, desafiador, desobediente e hostil dirigida as figuras de autoridade que vai além de um simples desobediência de crianças.
Os sintomas costumam aparecer entre os 9 ou 10 anos onde o comportamento de oposição pode assumir diferentes formas desde a passividade e inatividade até a formas mais extremas ou seja, verbalizações negativas, insultos, hostilidade  e resistência a figuras de autoridades como pais e professores.
Os sintomas podem se manifestar em casa e na escola podendo, segundo alguns especialistas, atingir cerca de 16% dos adolescentes em idade escolar.
As causas são desconhecidas mas muitos pais colocam que, na infância, os filhos eram muitos rígidos com os irmãos explodiam com facilidade. Fatores psicológico, biológicos e sociais podem ter um caráter determinante no aparecimento destes transtorno.
O diagnóstico é baseado em um padrão de comportamento negativista, hostil e desafiador que  deve aparecer por pelo menos 6 meses, estando presente no mínimo quatros dos seguintes aspectos:
  • Acessos de raiva e birras;
  • Discute com adultos com frequência;
  • Desafia e se recusa a cumprir as exigências dos adultos;
  • É irritante em suas atitudes;
  • Culpa os outros por seus erros e mal comportamento;
  • Se aborrece com muita facilidade;
  • Tem uma raiva e ressentimento muito grande;
  • É rancoroso e vingativo.
Este transtorno de conduta causa prejuízo no funcionamento social, acadêmico e ocupacional. Estes episódios não ocorrem, exclusivamente, durante o curso de uma desordem psicótica ou um transtorno de humor, e sim, fazem parte do temperamento diário do indivíduo.
Conduto, para um diagnóstico preciso, temos que levar em conta três dimensões:
  • A incidência e prevalência dos comportamentos;
  • A duração;
  • A intensidade.
Na escola podemos lidar com estes alunos tentando:
  • Promover comportamentos positivos do tipo de seguir regras de classe previamente estabelecidas e criadas com a sua participação;
  • Ensinar habilidades sociais e emocionais, tais como a resolução de conflitos e resolução de problemas;
  • Para evitar a escalada da raiva e comportamentos impulsivos, mantenha a calma em suas crises com “cara de paisagem”, ou seja, fique quieto e só fale com ele quando ele se acalmar;
  • As regras devem ser definidas, colocadas na sala de aula e enviada uma cópia para os pais;
  • Recompense seus comportamentos positivos e faça dele um aliado e não um inimigo."
Texto retirado do site Atividadeparaeducaçãoespecial.com
Mais sobre este transtorno acesse o link: http://atividadeparaeducacaoespecial.com/inclusao-transtorno-desafiador-opositante/

Nenhum comentário:

Oração do Professor

Dai-me, Senhor, o dom de ensinar,
Dai-me esta graça que vem do amor.

Mas, antes do ensinar, Senhor,
Dai-me o dom de aprender.

Aprender a ensinar
Aprender o amor de ensinar.

Que o meu ensinar seja simples, humano e alegre, como o amor.

De aprender sempre.
Que eu persevere mais no aprender do que no ensinar.

Que minha sabedoria ilumine e não apenas brilhe
Que o meu saber não domine ninguém, mas leve à verdade.

Que meus conhecimentos não produzam orgulho,
Mas cresçam e se abasteçam da humildade.

Que minhas palavras não firam e nem sejam dissimuladas,
Mas animem as faces de quem procura a luz.

Que a minha voz nunca assuste,
Mas seja a pregação da esperança.

Que eu aprenda que quem não me entende
Precisa ainda mais de mim,
E que nunca lhe destine a presunção de ser melhor.

Dai-me, Senhor, também a sabedoria do desaprender,
Para que eu possa trazer o novo, a esperança,
E não ser um perpetuador das desilusões.

Dai-me, Senhor, a sabedoria do aprender
Deixai-me ensinar para distribuir a sabedoria do amor.
Amém!

Tá na Rede

Loading...

Para Refletir!

Para Refletir!
Há pessoas que nos falam e nem as escutamos, há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam. Mas há pessoas que simplesmente aparecem em nossas vidas e nos marcam para sempre. (Cecília Meireles).
"O estudo da gramática não faz poetas. O estudo da harmonia não faz compositores. O estudo da psicologia não faz pessoas equilibradas. O estudo das "ciências da educação" não faz educadores. Educadores não podem ser produzidos. Educadores nascem."
Rubem Alves

-------------------------------------------------------------------------------------
"Não há saber mais ou menos. Há saberes diferentes".
Paulo Freire

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
"Grandes problemas advieram a Educação neste país, quando substituíram o professor pelos métodos prontos (da alfabetização à universidade). O ser professor exige de ciência e arte: ciência para tratr cientificamente de tudo que ensina e arte para interagir com seus alunos e orientá-los no processo de aprendizagem."
Cagliari, 2007


MOMENTO POÉTICO

Mutante
Sou um ser mutante
de pensamentos inconstantes.
Me arrepio fácil.
Quando quero,
eu mesma faço!




Minuto de Sabedoria

"Os livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mundo as pessoas" Mário Quintana.

Não vá sem deixar um comentário!!

Peça a Mãe que o Filho atende!

Peça a Mãe que o Filho atende!
Que o amor de Maria, Nossa Senhora Mãe, Rainha Três vezes Admirável interceda por cada pessoa que visitar este Blog junto a Jesus.

Vamos Jogar

Vamos Jogar
Link para testes e jogos

Tá com dúvida? Consulte Aqui!

Selo do Blog

Selo do Blog
Pode levar! É todo seu!

Oba!!! Selinhos

Oba!!! Selinhos

Blogueiras Unidas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Blogueiras Unidas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Oferecido por Cris Vaccari

Obrigada pelo carinho!